Categoria: Saude

Conheça uma excelente mistura para cólica renal

Conheça uma excelente mistura para cólica renal

A mistura é composta por sementes de melancia e abacaxi
A cólica renal é um tipo de dor aguda, intensa e oscilante, geralmente causada por pedras (cálculos) no rim ou no ureter. Outras causas de cólica renal incluem coágulos, ligadura cirúrgica do ureter ou compressões extrínsecas do ureter por tumores.

O principal sintoma da cólica renal é a forte dor lombar. Neste artigo, conheça uma mistura para tratar esta condição de saúde, do fitoterapeuta naturopata André Resende.

Tipos e causas de cálculos renais
Existem quatro tipos de cálculos renais, que se diferenciam no que diz respeito à sua formação e principais características. São eles: cálculos de cálcio, cálculos de cistina, cálculos de estruvita e cálculos de ácido úrico.

Existem quatro tipos de cálculos renais e suas causas são variadas (Foto: depositphotos)

As pedras nos rins são formadas quando a urina apresenta quantidades excessivas de certas substâncias, como cálcio, oxalato e ácido urino.

Alguns fatores de risco para o problema incluem o histórico familiar, idade (adultos acima dos 40 anos), sexo (homens são mais suscetíveis aos cálculos renais), falta de água, obesidade, dietas ricas em proteína, sódio ou açúcar, dentre outros.

Leia também: Atroveran funciona

Veja também: Quais são os chás proibidos para quem tem pedra nos rins

Mistura para cólica renal
A receita de mistura do fitoterapeuta naturopata André Resende contém semente de melancia e abacaxi. Antes de vermos a receita, confira os benefícios dos ingredientes:

Benefícios das sementes de melancia

As sementes da melancia estimulam as atividades do sistema renal (Foto: depositphotos)

A polpa é a parte mais aproveitada da melancia, mas poucas pessoas sabem que as sementes da fruta também podem ser muito benéficas à nossa saúde. Na forma de chá, as sementes de melancia são indicadas para quem sofre com problemas de hipertensão e circulação.

As sementes da fruta possuem substâncias que estimulam o sistema renal a eliminar o excesso de líquidos do corpo, o que é importante para tratar infecções urinárias ou pedras nos rins.

Benefícios do abacaxi

O sumo do abacaxi é ótimo para evitar os cálculos renais (Foto: depositphotos)

O sumo do abacaxi é um ótimo aliado das funções hepáticas, ajuda a eliminar vermes, combate febres intestinais, problemas da bexiga, próstata e uretra, além de evitar os cálculos renais e de vesícula biliar.

Com vitaminas B6 e C, além de minerais, o abacaxi também acelera a cicatrização dos tecidos e elimina inchaços.

10 TRATAMENTOS E REMÉDIOS NATURAIS PARA CÓLICAS MENSTRUAIS

A criação do anticoncepcional e outros remédios que auxiliam a cólica menstrual (dismenorreia), foram mulheres, auxiliando-as na saúde e na conquista das independências sexual e profissional, porém muitas delas têm problemas relacionados à menstruação e cólicas e não se dão bem com os remédios tradicionais, afinal o que fazer quando isso acontece?

A medicina alternativa tem ganhando cada vez mais espaço no tratamento para a cólica menstrual, dores, ansiedade e a TPM, fatores que tanto alteram o estado emocional das mulheres nesse período.

Pesquisadores e ambulatórios confirmaram em estudos como certos tipos de produtos naturais e técnicas de massagem podem ser eficazes no período de cólica, separamos algumas delas para você:

Valeriana
Pesquisadores da Universidade Hungkuang de fertilização in vitro, em Taiwan, juntamente com outros órgãos de pesquisa do país, testaram a valeriana em forma de placebo em 100 estudantes, no começo da menstruação, e durante dois dias e concluíram que a valeriana pode ser eficaz para amenizar dores causadas pela cólica.

Massagem
Os mesmos pesquisadores concluíram, em uma nova pesquisa, que a cólica pode ser aliviada por aroma essencial de óleo de massagem. O estudo foi efetivado misturando óleos essenciais, durante o período de cólicas menstruais, em pacientes nos ambulatórios e explorou ingredientes analgésicos nos óleos, que quando usados em forma de creme diariamente, resultavam na diminuição significante da dor abdominal.

Leia também: Cólica menstrual dicas caseiras

Acupuntura
A acupuntura não é só um alívio ao estresse e às dores de coluna, mas também é eficaz na cólica menstrual. Um estudo, conduzido entre dezembro de 2000 e agosto de 2001, com 69 estudantes, atendidas no Colégio Técnico de Taiwan, concluiu que após tratamento a acupuntura pode ser eficaz no tratamento de cólica primaria, quando as pacientes não apresentam históricos de problemas maiores em sua menstruação.

Açafrão, semente de aipo e anis
Em estudo realizado na Universidade de Isfahan, no Irã, concluiu entre 180 estudantes mulheres, de 18 e 27 anos, que pode haver amenização de dores significativas na cólica com o uso de açafrão, semente de aipo e anis.

Erva-doce
Um estudo realizado em Kerman, República Islâmica do Irã, comparou a eficácia erva-doce e ácido mefenâmico para alívio da dor da cólica primária. Entre os dois grupos do Ensino Médio que participaram da pesquisa, conclui-se que o efeito da erva doce é o mesmo efeito que ocorre em remédios tradicionais, logo é possível usá-la contra cólica perdcamente tanto quanto um remédio usual.

Gengibre
Não só a erva-doce, mas também o gengibre pode ajudar mulheres com cólicas. A cápsula de gengibre em pó é tão eficaz quanto o ácido mefenâmico, segundo pesquisa realizada em ambulatórios, entre setembro de 2006 e fevereiro de 2007.

Extrato de folhas de goiabeira
Um estudo clínico realizado em ambulatórios, feito com 197 mulheres, acompanhadas por 4 meses, concluiu um efeito favorável do extrato de folhas de goiabeira em dores abdominais intensas, causadas pela cólica.

Óleo de krill
Em estudo realizado também em ambulatórios, com 70 pacientes, comparou a eficácia do óleo de krill e leo de ômega 3 de peixe para amenizar cólicas. Segundo resultados feitos por estatísticas e auto avaliação das pacientes, o óleo de krill pode ser mais eficaz na cólica que o ômega 3.

Tomilho
Em estudo realizado, na Babol Universidade de Ciências Médicas, com 84 estudantes, concluiu que com 25 gotas de óleo essencial de tomilho em cada paciente, auxiiam na dor abdominal da cólica.

Gostou das dicas? Acompanhe nossa fan page e mantenha-se informado. Ou envie sugestões aqui.

Ter uma vida saudável é mais simples do que parece!

Você já teve a sensação de que ser saudável é complicado demais? São tantas dicas, conselhos e pesquisas que até fica difícil saber no que acreditar, não é? Mas tenho uma ótima notícia para você: ser saudável não precisa, de maneira nenhuma, ser complicado.

Se você pensar bem, as pessoas eram muito mais saudáveis no passado, quando não havia tantas dietas e produtos de “saúde”. E o que mudou desde então? Nada! Nossa genética ainda é a mesma, então, o que funcionava anos atrás também pode funcionar agora.

Quer ver como ficar saudável pode ser muito mais fácil do que parece? Confira cinco regras para ter uma vida saudável:

  1. Não coloque coisas tóxicas em seu corpo

Você, com certeza, sabe que há muitas coisas no ambiente que são absolutamente tóxicas para o nosso corpo. E, considerando a natureza viciante de algumas delas, as pessoas muitas vezes têm uma dificuldade realmente grande em evitá-las.

Isso inclui os vilões habituais, como cigarro, álcool e drogas. Se você tem um problema com eles, dieta e exercício se transformam na menor das suas preocupações. O álcool pode até ser agradável (com moderação, claro!) para aqueles que conseguem tolerá-lo, mas o tabaco e as drogas são ruins para todos.

Outro fator muito mais comum hoje em dia, são os alimentos pouco saudáveis e que geram várias doenças. Se você quiser ganhar uma ótima saúde, não tem outra saída: precisa diminuir o consumo desses alimentos.

Provavelmente, a mudança mais eficaz que você pode fazer para melhorar a sua dieta é cortar os alimentos embalados e processados. E não tenha dúvida: isso pode ser realmente difícil, porque muitos desses alimentos são alterados para tornarem-se altamente viciantes.

Quantos ingredientes específicos são, de longe, os piores. A lista inclui sacarose e xarope de milho. Ambos podem causar estragos em seu metabolismo quando consumidos em excesso – embora algumas pessoas os tolerem em quantidades moderadas.

No final das contas, o melhor a fazer é evitar todas as gorduras que necessitam de produtos químicos e fábricas para serem produzidos. Isso inclui as gorduras trans artificiais, óleos refinados e óleos vegetais, como os de soja, milho e girassol.

  1. Levante coisas e se movimente

Se você quer ter uma ótima saúde, não pode abrir mão de usar os seus músculos. E não estamos falando apenas de ter um tanquinho ou veias saltando do seu bíceps! A verdade é que exercitar-se e levantar pesos vai muito além de uma boa aparência.

Claro, melhorar o visual e ficar mais atraente é um bônus e tanto. Mas isso é só a cereja do bolo: o exercício também é crucial para o seu corpo, cérebro e hormônios funcionarem melhor.

Levantar pesos, por exemplo, reduz o açúcar no sangue e os níveis de insulina, melhora o colesterol e reduz os triglicerídeos. Além disso, aumenta seus níveis de testosterona e hormônio de crescimento, ambos associados com a melhoria do bem-estar. Quer mais? Levantar pesos e realizar outras formas de exercício, pode ajudar a reduzir a depressão e os riscos de todos os tipos de doenças crônicas, incluindo a obesidade, diabetes tipo II, doenças cardiovasculares, Alzheimer e muitos mais.

Reprodução

Finalmente, o exercício também pode auxiliar a perder gordura, especialmente se for combinado com uma dieta saudável. Não é só porque ele queima calorias, mas também melhora o seu estado hormonal e o funcionamento geral do seu corpo.

E o melhor de tudo é que você não precisa se matricular em uma academia para se exercitar, pode ficar em forma treinando na sua própria casa. Também é importante fazer alguma atividade ao ar livre, especialmente se você puder tomar banho de sol nesse momento e aproveitar uma fonte natural de vitamina D. Andar à pé é uma boa escolha, por mais que seja um exercício subestimado. O segredo é escolher algo que você goste e possa fazer a longo prazo.

E atenção: para quem está completamente fora de forma ou tem algum problema de saúde, o melhor é falar com um médico ou profissional de saúde qualificado antes de iniciar um novo programa de treinamento.

Leia também: gravidez

  1. Durma profundamente

O sono é muito importante para a saúde de maneira geral, e estudos mostram que a privação de sono está correlacionada com muitas doenças, incluindo a obesidade e doença cardíaca. Por isso, é extremamente recomendável dedicar o tempo adequado para ter um sono bom, de qualidade.

Se você não consegue dormir direito, por algum motivo, então consulte um médico. Os distúrbios do sono, como apneia do sono e outros, são muito comuns e, em muitos casos, facilmente tratáveis.

De qualquer forma, existem algumas coisas que você pode fazer por conta própria para melhorar seu sono: não beber café no final do dia; ir para a cama e acordar na mesma hora todos os dias; dormir na escuridão completa e diminuir as luzes da casa algumas horas antes de se deitar.

  1. Evite o excesso de estresse

Os passos acima já são boa parte do caminho para uma vida saudável, mas não são suficientes. A verdade é que nada disso adianta se você não estiver atento à maneira como pensa e se sente. Se você se sente estressado o tempo inteiro, é melhor parar e rever sua rotina.

O excesso de estresse pode aumentar os níveis de cortisol e causar efeitos prejudiciais graves no metabolismo. Ele pode, inclusive, aumentar a gordura na região abdominal e os riscos de todos os tipos de doenças. Acredita-se também que o estresse é um contribuinte significativo para a depressão.

Caso você sofra desse mal, é hora de parar e fazer de tudo para se estressar menos. Tente simplificar a sua vida e aposte em exercícios, técnicas de respiração profunda ou até mesmo meditação.

Se você simplesmente não consegue lidar com os pesos da vida diária sem ficar estressado demais, que tal ver um psicólogo? Há muitas maneiras de aprender a lidar com o estresse. Você poderá superá-lo, se tornar alguém mais saudável e também melhorará sua vida de outras maneiras. Afinal, ninguém quer passar a vida preocupado e ansioso, sem conseguir relaxar, não é?

  1. Dê ao seu corpo alimentos de verdade

Sabe qual é a maneira mais simples e eficaz de ter uma dieta saudável? Concentrar-se apenas em alimentos reais. Isso significa escolher alimentos integrais, não processados, que lembram sua aparência na natureza.

É muito melhor comer uma combinação de animais e plantas: carnes, peixes, ovos, legumes, frutas, nozes, sementes, bem como gorduras saudáveis, óleos e produtos lácteos ricos em gorduras naturais.

Se você é saudável, magro e ativo, não há problema nenhum em comer carboidratos não refinados e integrais. Isso inclui batata, batata doce, legumes e grãos, como aveia e arroz.

Por outro lado, se você está acima do peso ou obeso ou começou a sofrer de problemas metabólicos, como diabetes ou síndrome metabólica, limitar o consumo das principais fontes de carboidratos é o caminho ideal para ter melhorias dramáticas. Muitas pessoas perdem uma grande quantidade de peso simplesmente reduzindo os carboidratos, porque, inconscientemente, passam a comer menos.

Então, faça um esforço para optar por alimentos integrais, não processados, em vez de alimentos que parecem ter sido produzidos numa fábrica.

Viu só? Ter uma vida saudável é muito mais simples do que a gente pensa. E você, já aplica essas regras na sua vida? O que precisa melhorar? Reflita e mãos à obra!